sábado, 20 de maio de 2017

Pegas, panos de cozinha e tear tridente

Eu comento que não tenho feito quase nada de mãos...
mas na verdade agora vou mostrar o que tenho feito
ao longo do tempo em que não publiquei nada aqui.

Falta de vontade... preguiça... desmotivação...
não sei bem por que não tenho publicado mesmo o pouco
que tenho feito... sim, porque ao serão
tenho sempre agulhas entre os dedos. 
À tarde tento desenferrujá-los sobre o teclado do piano,
mas nesta ocupação fico triste com a perda de agilidade!...

Fiz dois casaquinhos de bebé, mas hoje mostro estas utilidades
para oferecer às amigas... quando me dizem que gostam muito!
Chegando o tempo quente não pego em lãs, 
mas não fico parada!
 A nossa amiga Nina 
-  minha muito querida amiga Nina -
dotada de soberbo talento e inesgotável energia,
entre inúmeras outras qualidades, 
tem-me dado imensas ideias. (Obrigada, querida!)
Já tive aquela energia e ideias... mas sem a sua exuberância!
Já me sinto com falta de ideias e pouca energia,
mas a minha musa inspiradora dá-me alento
e transporta-me ao tempo em que eu fazia tudo... quase tudo!...
Na poupança sou como a Nina! Não deito nada fora!
Aproveito todas as migalhinhas nas receitas de culinária, 
todos os retalhinhos nas costuras, todas as pontinhas de fios
nos tricôs e crochés 
e com restinhos de algodão tenho feito o que agora mostro:
pegas para as asas das panelas e para as tampas, sim,
tenho algumas que aquecem!
 Na Ravelry encontrei estes panos de cozinha e desde então
 tenho feito muitos para mim e para oferecer.
São ótimos para limpar a bancada e o fogão, 
têm de ser feitos com algodão/trama, sem fibras sintéticas.
Quando não tenho nada que fazer... faço estas coisas
sem olhar para as agulhas que deslizam entre os fios
enquanto vejo cinema na TV.
 Este dos restinhos com amarelo, 
foi tricotado com três fios finos que dobei juntos.
Durante arrumações mergulhei no baú das linhas antigas
e meti mãos à obra.
 Mostro os quadrados do tear tridente que eu própria construí.
Usei fios esquecidos e vou agrupando em montinhos de dez
enquanto penso no que farei a seguir com eles!
 Estes quatro quadrados com 30cm de lado 
aguardam envio para mantas solidárias.
 Não podia acabar melhor este post:
uma das minhas netinhas de 7 anos que quis aprender
esta técnica com a vovó! 
Muito habilidosa, observou, pegou e teceu!
Na próxima "aula" irá aprender a entrelaçar o fio no tear
antes de tecer. 
Em casa poderá fazer mais, porque eu fiz-lhe também um tear.
Agora, depois de análises, consultas médicas, visitas à família,
convívios com colegas e amigos de muitos anos,
ida à capital por duas etapas e com regresso pelas capelinhas...
vou ver se consigo retomar a rotina visitando os vossos blogues
e também não deixando arrefecer os meus!
UM ABRAÇO

9 comentários:

  1. Estou encantada com a variedade dos teus trabalhos.
    Tens mãos de fada!

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  2. Olá Teresinha
    Gosto muito de ver as artes. Sempre com novidades e peças lindas. Mega fofa a sua netinha concentrada na arte de tecer.
    Beijos e bom fim de semana

    ResponderEliminar
  3. Querida Teresinha, sem palavras face a tanta generosidade! Se o karma existe, far-se-à justiça e receberas a dobrar tudo quanto, com tanto amor, de ti ofereces. Obrigada, muito obrigada pelo carinho que espero sempre merecer e sempre ser capaz de retribuir.

    Dessas coisinhas lindas destaco esses "panos" próprios para enxugar bancadas. Gostei também muitíssimo das pegas em ponto baixo, em relevo -quando te apetecer partilhar diy não faltarão interessadas - eu, eu, eu!

    Desejo-te um muito feliz fim de semana.
    (Continuaremos a conversar em privado)
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  4. Olá, Teresinha, que belo regresso!
    Gosto muito de todos os paninhos, que aproveitamento tão útil e simpático! Pelos vistos a netinha sai à avó, já está iniciada nestas artes... linda!
    Quanto à nossa Nina, ela é mesmo uma grande inspiração, merece todos os seus elogios, e eu assino por baixo. :)
    Adorei este feliz bocadinho, fico derretida quando o assunto é sobre maravilhas feitas com as nossas mãos. Muita saúde e boa disposição é o que posso desejar-lhe!
    Um abraço e um beijinho cheios de carinho. :)

    ResponderEliminar
  5. Amiga linda que belo aproveitamento fez das sobras que fazem parte de belos projetos!
    E que bom a neta se interessar por esta bela arte!
    Bj saudoso e um dia destes combinamos um café e vou buscá_la a casa!!!
    Bj

    ResponderEliminar
  6. Que coisinhas lindas amiga, que bom saber tricotar,
    bjs doce semana

    ResponderEliminar
  7. Olá Teresinha.

    Ainda não há muitas horas que estive presa ao teu blog, aquele que trata de culinária. Aquilo tem mesmo um toque pessoal. Tem beleza, e tem arte na apresentação.Os olhos são os primeiros a provar a iguaria...
    Depois fui ao outro blog, e lamentei não ter ido na devida altura para mandar o meu abraço de felicitações pela importante data daquele dia único (vê-se mesmo que sou velha) quem é que agora o entende como tal?!
    Mas como todos os dias são bons para desejar o bem, aqui estou com um beijinho e, dizer que sou mais uma a desejar-vos muitas mais repetições e sempre festejadas em alegria.

    Quanto aos trabalhinhos são um encanto.Aprecio e valorizo.
    Muito grata pela visita no meu Birras. Ando com uma tarefa em mãos há já algum tempo e tem-me privado de dar mais atenção ao blog. Vou colocando umas coisitas para não se esquecerem de mim... E também me tenho descuidado em relação ás amigas.

    Tenho gosto em ver-te em minha casa para um chásinho. E por isso venho dizer que a minha terra é aquele Montemor bonito, mas resido na Figueira da Foz há mais de trinta anos.Vivi em Lisboa, depois em Braga e finalmente aterrei aqui. Espero não mudar mais.Vivo na zona do Estádio, a dois passos do Jumbo.
    Só agora pensei que podia ter escrito email - paciência, já não volto atrás.
    Beijinho, bom acordar, e um bom dia de segunda feira.
    Dilita

    ResponderEliminar
  8. Gosto muito destes trabalhos minha amiga e também gostei de ver a netinha.
    Um abraço e boa semana.

    Andarilhar
    Dedais de Francisco e Idalisa
    Livros-Autografados

    ResponderEliminar
  9. Querida amiga Terezinha, parabéns o seus pegas ( paninhos de cozinha ) estão um show, dá até dó de usar de tão lindos que ficaram .
    Beijos e tenha uma semana iluminada.
    Ângela

    ResponderEliminar

Gosto muito de ler os comentários, por isso, se gostou do que viu, pode deixar a sua opinião!
Tenha um dia feliz... com muita saúde!